O fluxo de materiais e as funções da logística dentro de uma empresa é um assunto que deve ser levado a sério. Isso porque o controle adequado do estoque impacta diretamente na qualidade e produtividade da companhia. E é justamente nesse meio que a logística entra como solução.

Se na sua cabeça as noções em torno das funções que a logística desempenha não estão claras, não deixe de conferir o post de hoje que a IGI preparou para você. 

 

Quais as funções da logística dentro das empresas?

O termo logística surgiu há muito tempo e nasceu da necessidade do abastecimento das tropas durante as campanhas militares. De maneira geral, logística significa manter e transportar pessoas, materiais e equipamentos.

Mais tarde, o conceito se expandiu a outras áreas, como é o caso das empresas, quando o assunto é a compra, a armazenagem e distribuição de produtos e matéria prima.

Na prática, a logística tem por objetivo manter os melhores resultados e o bom desempenho pelos menores custos possíveis dentro da companhia, o que faz dela, além de um setor essencial, uma área repleta de funções. Entre elas, as principais são:

 

 

1. Atividades primárias:

 

São responsáveis pelo desencadeamento de outras atividades e concentram os maiores custos e lucros. Englobam as atividades primárias: o transporte, a manutenção de estoques e o processamento de pedidos.

Logística de transporte: Seu objetivo é garantir o transporte do maior número de mercadorias, no menor tempo possível e com a garantia de qualidade no destino final. Permite a disponibilização de produtos onde há demanda em potencial, dentro de um prazo que atenda as necessidades do cliente.

Manutenção de estoques: Agrega valor de tempo ao produto, é responsável pelo abastecimento de materiais para produção e suprimento de materiais para vendas. Realiza a mensuração da melhor forma possível dos níveis corretos de estoque de materiais. Afinal, um estoque com uma quantidade acima do que é necessário pode comprometer o financeiro da empresa, enquanto uma quantidade abaixo da necessária pode enroscar a produção. 

Processamento de pedidos: é onde inicia o processo operacional de atendimento ao cliente, começando pela preparação e vai até a expedição do pedido, sempre levando o tempo, de forma otimizada, em consideração. 

 

 

2. Atividades de apoio: 

 

Dão continuidade às atividades primárias, fazem parte delas: armazenagem, manuseio de materiais, embalagem de proteção, obtenção, programação de produtos e manutenção da informação.

Armazenagem: responsável pela administração do espaço necessário para manter e organizar os estoques. Trabalha com dimensões da área, localidade e configuração do espaço. É considerada uma atividade estratégica, pois é importante para a competitividade, reduzindo custos e desperdícios.

Manuseio de materiais: faz toda a movimentação da mercadoria, desde a entrada, armazenagem, movimentação e despacho. Otimizando para que seja utilizada a menor quantidade de processos, com a garantia de qualidade do produto no menor tempo possível. 

Embalagem de proteção: mantém a integridade do produto. Permite a movimentação e deslocamento sem danos, otimiza espaços analisando a ergonomia e possibilidade de acoplagem em equipamentos.

Obtenção: organiza o fluxo de entrada das mercadorias, disponibilizando-as nos sistemas. Seu objetivo é planejar as quantidades de produtos a serem adquiridas. Tem extrema importância nos custos de aquisição e estoques, pois podem facilmente impactar a margem.

Programação do produto: com a ajuda de sistemas informatizados, é a responsável pelas ações de distribuição e pelo fluxo de saída. Analisa as previsões de mercado, quantidades de estoque, define produções e prazos.

Manutenção da informação: tem como objetivo cuidar da base de dados, para que o planejamento e controle sejam baseados em informações, auxiliando na tomada de decisões.

 

 

3. Transporte modal:

 

Quando se planeja a movimentação de mercadorias, existem diversas formas para realizar o transporte, vão depender do tipo de carga, segurança, urgência, custo de frete, e vários outros fatores. É preciso avaliar os detalhes da demanda para definir qual é o modal mais adequado. São eles:

Rodoviário: acontece pelas estradas, é o transporte mais utilizado no Brasil, cerca de 70% da distribuição acontece através dos caminhões e carretas.

Ferroviário: é indicado para grandes volumes de carga que precisam ser transportadas por grandes distâncias. Normalmente precisa ser aliado a outro modal, pois parte do trajeto não são alcançadas pelas linhas de trem.

Aéreo: ideal para longas distâncias em curtos períodos de tempo. O transporte é rápido e ágil, mas é limitado em relação ao volume e peso. Também precisa ser combinado com outros modais, pois a carga chega somente ao aeroporto.

Aquaviário: é o adequado para transportar cargas em grande volume e peso, para destinos distantes. Porém, seu transporte é feito de forma bastante lenta, não é indicado para transportes com prazos estreitos. Precisa de outro modal para levar e retirar a carga dos portos. 

Dutoviário: acontece através de dutos ou tubos subterrâneos, submarinos ou aparentes, o deslocamento das mercadorias transcorre por conta da pressão que esses locais apresentam. Apesar dos custos de instalação serem um pouco caros, a necessidade de manutenção é bem pequena, tornando viável a utilização deste processo.

 

 

4. Logística Internacional

 

A Logística Internacional tem como objetivo melhorar os sistemas logísticos com parceiros externos, além das fronteiras. Ela liga fornecedores, fabricantes, operadores e indústrias entre si, permitindo melhores relações comerciais e produtivas. Esse segmento da logística precisa estar atento e respeitar as regulamentações de todos os países envolvidos na operação.

 

Além disso, os estudos de demandas, atividades ligadas às devoluções e vendas de resíduos da produção, o layout de fábricas e de armazéns também fazem parte das atividades de apoio, assim como, as atividades relacionadas à frota, como: rastreamento, comércio exterior, entre outras.

 

Importância da logística dentro das empresas

Como é possível observar, uma logística eficaz e bem planejada impactará quase todos os departamentos de uma empresa, acompanhando o processo desde a matéria prima até o produto final.

É de vital importância que o trabalho de operações logísticas seja bem feito, pois só assim os custos serão reduzidos. O que, consequentemente, trará muitas vantagens e benefícios para a empresa como um todo.

Quer encontrar as melhores soluções logísticas para a sua empresa? Entre agora mesmo em contato com a IGI. Queremos ajudar você a revolucionar o setor logístico do seu negócio.